O presidente da Conib, Fernando Lottenberg, reuniu-se ontem, em Brasília, com o diretor-geral da Polícia Federal, Rogerio Galloro, para discutir questões ligadas à aplicação da lei antiterror e sobre o incidente antissemita em Pelotas, no dia 17 de maio, quando a Sociedade Israelita de Pelotas (SIP) foi alvo de um atentado com paredes pichadas com mensagens de apoio à causa palestina e ameaças à comunidade judaica.

Na ocasião, Lottenberg afirmou: “É alarmante que a tensão no Oriente Médio se traduza em ataques à comunidade judaica brasileira”. “Em conjunto com a Federação Israelita do RS, a Conib vem atuando perante as autoridades policiais, responsáveis pela investigação e punição dos autores deste ato criminoso de violência e intolerância religiosa”.

No encontro de ontem em Brasília, Lottenberg esteve acompanhado do presidente do Conselho Consultivo da Conib, Claudio Lottenberg, e do diretor de segurança institucional da Conib, Otavio Aronis.

Fonte: Conib/FIRS

Categorias: Notícias

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *